sábado, 27 de março de 2010

1


Às vezes sentimos saudade e falta do passado... de pessoas, aromas, sabores, lugares, momentos, sons e mais umas quantas coisas. Queremos nesse instante transportar tudo isso para o presente com o intuito de voltar a reviver esse passado no presente, com tudo aquilo em que melhorámos.
Mas esquecemo-nos que o fugaz só se vive uma vez. Não existe repetição possível, existe sim a diferença... quer para o bem quer para o mal, mas igual não!
Na verdade "o passado vai lá atrás" e não passa disso mesmo, de passado. Não vale a pena evocar o passado para o presente, vai ser sempre um erro.
Constantemente vamos deixar pessoas, aromas, sabores, lugares, momentos, sons e mais umas quantas coisas, para trás, e isso faz parte, faz-nos ir em frente, crescer e mudar.
Hoje queria ir, partir sem destino e sem regresso possível. Correr o mundo e sentir o vento no corpo e o sorriso no rosto!



"Neste carrossel que cada vez que anda não repete a volta de antes"
(Royalistick - Dono de ti)
O meu pedaço:

1 pedaços:

Anónimo disse...

Olá Inês,
Passei pelo teu blog e gostei muito! Espero, sinceramente, que estejas bem. ´

beijos,
Nuno João