domingo, 1 de novembro de 2015

!

O sorriso ficou na última foto...
O coração cheio no último abraço apertado...
A crença de existirem pessoas puras ficou  na infância...
A esperança da honestidade quebrou na primeira queda...
O cair e levantar ficou no último empurrão em que tropecei...
A mentira trouxe a desilusão...

E eu... onde fiquei?! Talvez no que sinto e pressinto!

O meu pedaço:

0 pedaços: