sábado, 16 de janeiro de 2010

Tempestades...




"Eu queria ter amarra nesse cais
para quando o mar ameaça a minha proa
e queria vencer todos os vendavais
que se erguem quando o diabo se assoa"
Rui Veloso - Não me mintas



As tempestades podem ser duras e demorar o seu tempo a passar. Podem ir e vir, mas eu continuarei no mar, ainda que à deriva. Umas vezes vou ter rumo, outras talvez não. Mas, se for como se diz, "depois da tempestade vem a bonança", hei-de conseguir conciliar as saudades que trago no peito a toda a hora de quem partiu e aprender a sorrir com as lembraças dos bons momentos que se partilharam.
O meu pedaço:

4 pedaços:

Anónimo disse...

com o passar do tempo e da distancia que infelizmente escolhi as tuas palavras continuam a fazer todo o sentido para mim... es o momento, a voz distante a felicidade a lembrança... es para mim sinonimo de força de luta de verdade es para mim a ternura de uma irma que nao tive... tenho o maior orgulho de ter feito parte da tua vida, aprendi contigo o que poucos me conseguiram ensinar... o significado da palavra saudade! tu tens a força dentro de ti e tu sabes isso! es unica!

Beijinho**
Cindy

_i[NE]s_ disse...

obrigada querida..
ultimamente tenho me lembrado tanto dos momentos que passámos juntas.. dos risos, lágrimas, de tudo!
apesar de estarmos longe uma da outra acredita que continuo a nutrir por ti um sentimento de amizade de que tenho tanta saudade.. fazes-me falta! :(

P.S.: Um dia vou-te cobrar o fogão no escritório e fazer lá uma pizza! ;)

Anónimo disse...

o ke??? mas o forno ainda nao esta no escritorio? ai eu nao acredito... se eu ainda ai estivesse obrigava-te a fazer a mudança!! =)
o tempo passa a correr... parece que foi ontem que esses momentos aconteceram!

"olha para o ceu e escolhe a estrela mais brilhante, pede um desejo que eu pexo o meu num instante...!

Adoro-te
Cindy

Anónimo disse...

" Dá um mergulho no mar,
Dá um mergulho sem olhares para trás,
Dá um salto no ar,
Só para veres do que és capaz,
Arrisca mais uma vez,
Nem que seja só por arriscar
Nunca se ter muito a perder,
Dá um mergulho no mar;
Há tantas coisas por fazer,
E tantas por inventar,
Dá um mergulho no mar!

E tu vais ver,
Tu vais jogar,
Tu vais perder,
Tu vais tentar,
Mais uma vez,
E tu vais ver,
E tu vais rir,
Tu vais ganhar!

Tens pouco tempo para ser só teu,
Não esperes nem deixes passar,
Essa vontade que quer - dar um mergulho no mar,
Arrisca mais uma vez,
Nem que seja só por arriscar
Nunca se ter muito a perder,
Dá um mergulho no mar,
Há tantas coisas por fazer,
E tantas por inventar,
Dá um mergulho no mar!
(...) "

Xutos e Pontapés - Dá Um Mergulho No Mar.

Adoro-te ne* Beijinho