terça-feira, 14 de junho de 2011

Para um :)

1. Enterra o passado em decomposição e em putrefação há tanto tempo.
2. Enterra-o bem fundo num caixão blindado para que não possa ousar sair nada.
3. Não acrescentes nada a esse caixão, não deixes que leve uma parte de ti com ele e que consiga ainda mais do que aquilo a que sempre teve direito.
4. Manda uma mão cheia de terra para cima e pisa, pisa com bastante força, de modo a que quando passares por lá não tropeces.
5. Tapa bem como se esse fosse apenas terreno virgem e puro e que ao olhar nem te lembres é ali que o teu passado está.
6. Por fim, faz o luto. Demora o tempo que precisares mas faz o luto.
7. Vais ver que no fim só resta terra para voltar a plantar algo novo e esplendoroso como nunca houve igual!

O meu pedaço:

1 pedaços:

Rita disse...

Gosto :)
Já tenho saudade tuas! Beijinho