domingo, 21 de fevereiro de 2010

Uma chance...

"Dá-me uma chance, pra lá do meu alcance, lance novo de um povo novo, um gatilho nervoso
uma chance... pra ser diferente ou mudar tudo, começar de novo acabar do zero anónimo do mundo
O tempo nao pára, repara perdeste tempo á espera que a chance te cante um amanhã diferente
Que a vida mude, que a morte espere um bocado a contar que a sorte, te transporte pra fora dum bairro
A inventar talentos forçar passatempos á espera que as noites levem dias cinzentos,
A chance tarda e a esperança nunca é de otario mas semana após semana vai estudando o calendário
A vida não espera, e a necessidade aperta com trabalho com descanso ou somente c'uma reza
aposta numa chance duma nuance que seja, que nao me encontras numa esquina numa escola ou numa igreja
O sonho comanda a vida e ilusões, de uma taluda, duma ajuda, um boletim de euromilhoes
as situaçoes dispersão mas enquanto aguardas páras, o preço do insucesso é o dobro do que agora pagas."

Royalistick - Dá-me uma chance


Dá-me uma chance...
O meu pedaço:

0 pedaços: