quarta-feira, 14 de outubro de 2009

Ballet..

Talvez a vida seja como o Ballet...
Há quem o venere e quem nem o aprecie...
Há quem tenha esse dom no próprio sangue e há quem não o tenha...
Há quem esteja em perfeita sintonia com o seu ritmo e quem nunca se habitue a ele...
Há quem o viva tão intensamente e há quem apenas se habitue a ele...
Há quem o treine todos os dias e há quem não lhe dispense uma hora...
Há quem evolua de dia para dia até conseguir pôr-se em pontas e há quem nem nunca se atreva a experimentar pelo medo de cair...
Mas a queda, essa pode ser fatal, uma lesão profunda e aí há regressão e, às vezes, sem que haja hipótese de a pouco e pouco conquistar o que um dia já foi alcançado ou até mesmo evoluir...

Talvez o segredo esteja apenas na sua dificuldade...
O meu pedaço:

2 pedaços:

Anónimo disse...

Linda analogia :D adorei linda
Márcia

S'i disse...

é verdade.. o ballet e a dança dizem muito do que é a propria vida... uma boa comparação ;) bons textos! coontinua* beijinhux, abraços e mts miminhos*